DIFERENÇA NO COMPRIMENTO DAS PERNAS

O autor conduziu estudo publicado em 2014, demonstrando que a diferença no comprimento entre as pernas está associada a sobrecarga tendinosa no pé, e ao subsequente desenvolvimento de deformidade (pé chato) por ruptura do tendão tibial posterior. Este foi o primeiro trabalho que demonstoru a relação entre as duas entidades (Foot & Ankle Specialist, Abril 2014).